Piper, o “míssil peludo” que afastava pássaros no aeroporto

autoria P3

// data 05/01/2018 - 18:26

// 3354 leituras

É uma “abordagem rara, mas eficaz”. É assim que os responsáveis pelo tráfego aéreo do aeroporto Cherry Capital, no Michigan, nos Estados Unidos, descrevem o trabalho de Piper — o border collie de nove anos que se ocupava de afastar pássaros e pequenos mamíferos do caminho dos aviões. “Quando lhe abro a porta de trás da carrinha e ele salta, parece o lançamento de um míssil”, disse Brian Edwards, supervisor de operações. K-9 Piper, uma espécie de míssil peludo, corria em direcção a patos, gansos, corujas e, no Verão, gaivotas e corvos. 

 

Nos aeroportos dos Estados Unidos da América contam-se pelos dedos de uma mão os cães encarregues de controlar a vida selvagem, apontou Brian, no vídeo do Great Big Story, sobre o cão que o acompanhou nos dias de trabalho durante os últimos três anos. Na quinta-feira, 4 de Janeiro, Piper morreu de cancro da próstata, diagnosticado há um ano. O anúncio foi feito por Brian, na conta de Instagram que gere e que soma quase cem mil seguidores. “É com a maior tristeza que anuncio a morte do meu melhor amigo e amor da minha vida”, escreveu. “Ele aproveitou um último dia sem dor (…) Jogou futebol, recebeu umas muito merecidas carícias e, sim, perseguiu uma última coruja das neves enquanto partia em direcção à noite.”

Eu acho que