A mão que dá de comer aos Cave Story

autoria Das Playground

// data 28/05/2018 - 15:55

// 1892 leituras

O vídeo é curto, a música é punk, por isso há que dizer isto sem rodeios. No tempo em que muitos de nós nem éramos nascidos, e em que os videoclipes passavam unicamente na televisão, uma banda destas filmava-se em curtos e rápidos fragmentos de uma performance musical. Hoje, não. A sério, esqueçam! Hoje, o “faça-você-mesmo” passa no YouTube por excertos de concertos filmados pelos fãs num telemóvel esperto. Hoje, nesta era pós-MTV, uma banda que se preze e toque variantes de rock, punk, garage, noise, tem que ultrapassar a mera exibição de gadelhas a abanar (headbanging em estrangeiro). Tem que motivar a malta a partilhar o vídeo. É isso. Tem que fazer como na música: marimbar-se para a forma. Podem-se filmar os membros da banda, em planos rápidos, mas com ideias geniais, surreais, ou... anormais, porque não? Este Special Diners, que serve de destaque semanal dos links adicionados pelas pessoas em VIDEOCLIPE.PT, serve também como princípio disso, ainda que aquela mão que dá de comer aos Cave Story não acabe... sei lá, mordida. Porque um bom final importa para o gosto e a partilha (like e share, em estrangeiro). De qualquer maneira, hoje são os videoclipes que melhor servem para comunicar os lançamentos editoriais — o álbum Punk Academics ainda este ano —, sendo que este foi realizado por alguém que assina em estrangeiro, como Das Playground (sem menção na adição do link).

 

O autor escreve segundo o novo Acordo Ortográfico, a pedido do autor.

Eu acho que