Publicidade

Natal: neste calendário do Advento não há chocolates, mas anúncios

O "Adsvent Calendar" (sim, com aquele “s”) deixa-nos abrir, a cada dia do Advento, um novo quadrado. Dali não vêm chocolates, mas sim anúncios natalícios para inspirar a criatividade

Texto de Nuno Rafael Gomes • 10/12/2017 - 14:42

Distribuir

Imprimir

//

A A

Há uma criança deitada no sofá da sala de estar, embrulhada em cobertores, com os olhos fixos em todas as imagens que desfilam na televisão. O volume vai aumentando à medida que se repetem anúncios a brinquedos, todos candidatos a presente do ano. Estamos assim tão perto do Natal? A publicidade seguinte diz que sim. Os camiões vermelhos e iluminados da Coca-Cola movem-se ao som de vozes afinadas, que acompanham o som daqueles guizos típicos da época, repetindo holidays are coming, holidays are coming. Monte-se o pinheiro, enfrente-se o quebra-cabeças das luzes de Natal — é dia 1 de Dezembro, a época natalícia está aberta.

 

É com a publicidade da Coca-Cola, “que faz parte da infância de qualquer um”, que se inicia o calendário digital criado por Nelson Silva. O Adsvent Calendar, com o trocadilho a confundir qualquer motor de pesquisa, funciona como qualquer calendário do Advento que vem com chocolates e guloseimas escondidas; neste caso, os “doces” são anúncios “que dizem sempre mais um pouco que o normal”, explica o autor do projecto digital.

 

Todos os quadrados deste calendário guardam sempre um exemplo “de excelência” de publicidade natalícia. Apesar de, este ano, o Advento ter começado a 3 de Dezembro, Nelson preferiu antecipá-lo para o primeiro dia do mês. E também decidiu estendê-lo — este “adsvento” não termina no dia da consoada, mas sim a 25. “Acrescentei porque é um dia especial e foi nesse dia que coloquei a minha publicidade favorita”, explica.   

 

No entanto, aqui, ao contrário dos calendários de chocolate, não se pode fazer batota e abrir todos os quadradinhos de uma só vez — o site vai desbloqueando, a cada dia, um novo anúncio. Já falámos do da Coca-Cola, mas também há bebidas alcoólicas para os mais crescidos — como a publicidade ao whisky J&B de 1990, que também conta a história da autora, Diane Rothschild — ou caixas de papelão gigantes a esconder um MINI espalhadas pela rua.

 

Os mais curiosos vão ter mesmo de esperar pelo que aí vem, mas em cada quadrado por abrir há um desenho que dá pistas sobre o que por dentro se esconde. Um dos mais fáceis, o de dia 3 de Dezembro, já foi desbloqueado; o grafismo e o título (Build your Christmas) já deixam adivinhar o que ali está: a publicidade da Lego de 2014. Tudo isto integrado numa estética caracteristicamente natalícia, com o vermelho e o dourado em destaque.

 

E onde andam os anúncios portugueses? “Por abrir”, confidencia o autor do Adsvent Calendar. No P3, já sabemos do que se trata, mas o melhor é esperar pelo dia em que se vai servir publicidade à portuguesa. Para Nelson, que trabalha na área há nove anos (é hoje director de arte na agência Wunderman, em Lisboa), o "maior desafio" não se prendeu com o grafismo ou com as ilustrações. A maior dificuldade foi mesmo encontrar “25 anúncios interessantes", mais ou menos conhecidos, para preencher o calendário. O texto ficou a cargo de Tiago Fragoso, que Nelson considera “um dos melhores copywriters em Portugal”. A dupla já trabalhou lado a lado no passado, mas, apesar de a vida profissional os ter separado, continuam a fazer "alguns projectos paralelos".

 

O resultado do trabalho de ambos é uma colecção de anúncios para estimular a criatividade na contagem dos dias até ao Natal. Como se fossem presentes adiantados para quem gosta de publicidade e para quem a evita através do zapping. Porque este calendário também pode avivar a memória. Aquele anúncio que nos fazia sorrir? Há quanto tempo! 

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que