Asportuguesas

Calçado

Garrett McNamara assina colecção de chinelas de cortiça

O surfista havaiano vai assinar duas colecções por ano das chinelas de cortiça AsPortuguesas. Por cada par vendido, um euro reverte a favor do Centro de Acolhimento Temporário para Crianças e Jovens em Perigo da Confraria de Nossa Senhora da Nazaré

Texto de Joana Costa Lima • 15/06/2018 - 15:30

Distribuir

Imprimir

//

A A

Habituado a rasgar ondas e a bater recordes mundiais na Nazaré, Garrett McNamara estreia-se agora no calçado. O surfista de 49 anos decidiu aliar-se à startup Ecochic para assinar a nova linha de chinelas de cortiça da marca AsPortuguesas.

 

Estão programadas duas colecções anuais com o nome do surfista havaino — e a primeira já está aí. A linha inclui cinco modelos unissexo com sola em cortiça, uma matéria-prima natural, versátil e sustentável, onde estão desenhados o farol e as ondas gigantes da Nazaré. As tiras para encaixar o dedo podem apresentar cinco cores diferentes: branco, coral, amarelo, verde e preto. Cada par está à venda por 39,90 euros, com números que variam entre o 35 e o 46. Deste valor, um euro reverte a favor do Centro de Acolhimento Temporário para Crianças e Jovens em Perigo da Confraria de Nossa Senhora da Nazaré.

 

"Não é segredo que Portugal tem as maiores ondas, o melhor litoral, óptima comida e pessoas fantásticas. Agora, com a nova linha de flip flops AsPortuguesas - Everything is Possible, o mundo saberá que Portugal possui também o material natural mais sustentável", diz, num comunicado enviado ao P3, Garrett McNamara, que se confessa um apaixonado por Portugal (e também pela cortiça do país, com a qual já concebeu pranchas de surf).

 

Lançadas em Março de 2016, numa parceria entre a startup Ecochic, de Pedro Abrantes, e a Corticeira Amorim, as chinelas AsPortuguesas assumem-se como um calçado inovador e amigo do ambiente. Estão à venda em espaços físicos e na loja online da marca. 

Voltar ao topo

|

Corrige
Eu acho que